Começa hoje o BIFF - Festival Internacional de Cinema de Brasília

13 . junho . 2013

Mais de 220 filmes inscritos. Mais de 40 países de todos os continentes representados. Este foi o panorama apresentado à comissão de curadoria do II BIFF – FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA DE BRASÍLIA. Deste processo, restaram 12 selecionados para a Mostra Competitiva – dez deles já confirmados. Eles irão concorrer a prêmios no valor total de R$ 100 mil. Mas o BIFF promoverá muito mais do que uma mostra competitiva de filmes de longa-metragem. O festival apresentará seis mostras paralelas, pré-lançamentos de obras de nomes de peso do cinema mundial e ainda organizará uma série de seminários que fazem uma radiografia do mercado cinematográfico mundial. Um evento que quer se firmar como um dos mais consistentes do País. O II BIFF – FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA DE BRASÍLIA acontece de 13 a 23 de junho, no Museu Nacional da República e no Cine Cultura Liberty Mall.

Para a mostra competitiva, estão selecionados filmes dos Estados Unidos, Argentina, Paraguai, Chile, Itália, Senegal, Turquia, China, Nova Zelândia, Taiwan e Espanha. Como determina o regulamento do Festival, são o primeiro ou no máximo terceiro filme da carreira de seus realizadores. Todos inéditos no Brasil. As sessões solenes ocorrerão no Auditório I do Museu da República e as reprises no Cine Cultura Liberty Mall. Alguns diretores já confirmaram presença, como o espanhol Pablo Berger, o argentino Hernán Goldfrid (de Tesis sobre un homicídio), Juan Carlos Maneglia e Tana Schembori (do paraguaio 7 Cajas), Jeremy Teicher (de Tall as the baobab tree, produção Senegal/EUA), o chinês Rui Jun Li (de Fly with the crane) e Alyx Duncan (do neozelandês The Red House).

Outra novidade do festival em 2013 é a criação da sessão GRANDES PRÉ-ESTREIAS, que exibirá em primeira mão no Brasil os mais recentes filmes de Bernardo Bertolucci (Eu e Você), Marco Bellochio (A Bela que dorme), Stéphane Brizé (Uma primavera com minha mãe) e Richard Linklater (Antes da Meia-Noite, o terceiro título da trilogia que inclui Antes do Amanhecer e Antes do Pôr-do-Sol).

Além disso, o II BIFF contará com uma ampla programação de seminários para discutir o mercado cinematográfico no mundo. Em Os mercados sul-americanos e os espaços das cinematografias nacionais, por exemplo, será possível ter um retrato detalhado do público e da produção de nossos hermanos, com dados como o total de espectadores para filmes nacionais e estrangeiros (em 2012, 3,5 milhões na Colômbia e na Argentina para produções nacionais e cerca de 40 milhões para os filmes estrangeiros), total de salas em 3D, filmes lançados, preços de ingressos etc.

A grade de seminários contempla diálogos entre continentes (Brasil e África: as possibilidades de intercâmbio e coprodução), debates sobre o papel do estado (As perspectivas do cinema e do audiovisual na América do Sul: o papel do estado e a participação da sociedade), os desafios impostos pelas novas tecnologias (O mecanismo de financiamento para a digitalização do parque exibidor, A participação dos exibidores e dos distribuidores no processo de digitalização do parque exibidor, Os desafios do mercado digital) e a produção do futuro (Os desafios dos novos realizadores no atual panorama da América do Sul). “Se vislumbramos a formação de um bloco econômico que compreenda toda a América do Sul, temos que discutir qual o espaço do nosso cinema nesse mercado”, avisa Nilson Rodrigues, diretor geral do Festival. A programação dos seminários recebe a coordenação geral de Paulo Sérgio Almeida. BIFF conta com a curadoria de José Carlos Avellar.

O BIFF – FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA DE BRASÍLIA/ BRASILIA INTERNATIONAL FILM FESTIVAL tem direção geral de Nilson Rodrigues e direção de programação de Anna Karina de Carvalho. Patrocínio do GDF, Secretaria de Cultura, Fundo de Apoio à Cultura (FAC), Cartão BRB, Bancorbras e Petrobras.

MOSTRAS PARALELAS

O BIFF quer ser mais do que uma vitrine do que se faz de mais recente no cinema mundial. O Festival deseja promover a reflexão e para isso concebeu também um amplo programa de mostras paralelas. A começar pela mostra KRISIS, que vai exibir documentários da Espanha, Estados Unidos, Argentina e França. Dos EUA vem, Fatal Assistance, do premiado diretor haitiano Raoul Peck, que faz um retrato devastador das tentativas do Haiti se reerguer após o terremoto de 2010. Já Calles de la memória, da argentina Carmen Guarini, discute a transmissão da memória a partir dos atos de terrorismo praticados pela ditadura militar do país.

A mostra AMÉRICA DEL SUR oferecerá a oportunidade (rara) de o espectador tomar contato com o que se tem produzido de mais recente no cinema do continente. Trará títulos como Crónica del fin del mundo, do colombiano Maurício Cuervo Rincón, sobre a fragilidade do mundo que cada pessoa constrói em torno de si. Reverón, do venezuelano, Diego Risquez, que mostra em linguagem de ficção o romance entre o grande artista plástico venezuelano Armando Reverón e sua Juanita. Lo más bonito y mis mejores años, um road movie boliviano, assinado por Martin Boulocq, e Prometeo Deportado, de Fernando Mieles, que narra o drama de um grupo de equatorianos detidos numa sala de um aeroporto europeu à espera de serem deportados, dentre outros títulos.

Pela mostra INDEPENDENTES AMERICANOS passarão dramas e comédias como; Gimme the loot, de Adam Leon; Now, forager, de Jason Cortlund e Julia Halperin; Detroit Unleaded, refilmagem de Rola Nashef de um curta de 2007; e It felt like love, de Eliza Hittman.

Para a mostra PANORAMA ÁFRICA estão confirmados Yema, de Djamila Sahraoui, um retrato pungente da Guerra Civil na Argélia; La Pirogue, de Moussa Touré, sobre a tentativa de senegaleses de emigrar para as Ilhas Canárias; Virgem Margarida, premiado filmedo moçambicano Licínio Azevedo sobre a reeducação de prostitutas em Moçambique; One man’s show, do nigeriano Newton Aduaka, sobre um ator de meia idade e seus relacionamentos familiares; e How to steel 2 million, filme de ação dirigido por Charlie Vundla, da África do Sul.

Na mostra MUNDO ANIMADO, serão exibidos Komaneko – O gatinho curioso, produção japonesa de Tsuneo Goda sobre um gato que adora fazer bonecos para usar em seus filmes de animação; O Segredo de Eleonor, animação de Dominique Monféry, que conta a história do menino Nathaniel, criador de um plano para salvar os personagens dos contos de fadas; e Zarafa, produção de Rémi Bezançon e Jean-Christophe Lie em que o menino Maki e a girafa órfã Zarafa vivem uma grande aventura, viajando das areias do Sudão até as luzes de Paris.

PROGRAMAÇÃO FILMES

MOSTRA COMPETITIVA

DON JON – USA, 2013, 95 minutos – Dir. Joseph Gordon-Levitt
TESE SOBRE UM HOMICÍDIO – ARGENTINA, 2013, 105 minutos – Dir. Hernán Goldfrid
7 CAIXAS PARAGUAIAS – PARAGUAY, 2012, 100 minutos -Dir: Juan Carlos Maneglia e Tana Schémbori
O FUTURO
– ITALIA/CHILE/ALEMANHA/ESPANHA, 2012, 98 minutos - Dir: Alicia Scherson
ALTO COMO UMA ÁRVORE DE BAOBÁ – SENEGAL/USA, 2012, 82minutos - Dir: Jeremy Teicher
O CHEFE – RÚSSIA, 2013, 80 minutos -Dir: YuriBykov
O MIRANTE – TURQUIA, 2012, 100 minutos - Dir: Pelin Esmer
VOANDO COMO UMA GARÇA - CHINA, 2012, 99 min - Dir: Li Ruijun
A CASA VERMELHA – NEW ZEALAND, 2012, 85 min - Dir: Alyx Duncan
UM TOQUE DE LUZ – TAIWAN, 2012, 110 min - Dir: Chang Jung-chi
BLANCANIEVES – ESPANHA, 2012, 104 min - Dir. Pablo Berger
WORKERS – MÉXICO/ALEMANHA, 2013, 120 min -Dir: José Luis Valle
COMER, DORMIR E MORRER – SUÉCIA, 2012, 100 min - Dir: Gabriela Pichler


MOSTRA AMÉRICA DEL SUR

CRÔNICAS DO FIM DO MUNDO – COLÔMBIA, 2012, 85 min - Dir: Maurício Cuervo Rincón
REVERÓN – VENEZUELA, 2011, 110 min - Dir: Diego Risquez
A CULPA É DO CORDEIRO – URUGUAI, 2013, 100 min - Dir: Ana Guevara e Letícia Jorge
PAISAGENS DEVORADAS – ARGENTINA Dir: Eliseo Subiela
O MAIS BONITO DOS MEUS MELHORES ANOS – BOLÍVIA, 2005, 93 min - Dir: Martin Boulocq
PROMETEO DEPORTADO – EQUADOR, 2010, 110 min - Dir: Fernando Mieles
MIGUEL DE SAN MIGUEL – CHILE, 2012, 80 min - Dir: Matías Cruz


MOSTRA GRANDES PRÉ-ESTREIAS

A BELA QUE DORME – ITÁLIA/FRANÇA, 2012, 115 min – Dir. Marco Bellocchio
EU E VOCÊ
– ITÁLIA, 2012, 104 min – Dir. Bernardo Bertolucci
UMA PRIMAVERA COM MINHA MÃE – FRANÇA, 2012, 93 min – Dir. Stéphane Brize
ANTES DA MEIA-NOITE — EUA, 2013, 108 min – Dir: Richard Linklater


MOSTRA INDEPENDENTES AMERICANOS

PARA ELLEN – EUA, 2012, 94 min - Dir: So Yong Kim
UM DESAFIO DE 500 DÓLARES – EUA, 2012, 79 min - Dir: Adam Leon
SOBRE AMOR E COGUMELOS – EUA/Polônia, 2012, 93 min - Dir: Jason Cortlund e Julia Halperin
DETROIT SEM CHUMBO – CANADÁ, 2012, 93 min - Dir: Rola Nashef
CASTELO NO BROOKLIN – EUA, 2012, 102 min - Dir: Katie Dellamaggiore
COMO SE FOSSE AMOR – EUA, 2013, 82 min -Dir: Eliza Hittman


MOSTRA KRISIS

MERCADO DE FUTUROS – ESPANHA, 2011, 110 min -Dir: Mercedes Álvarez
SUSHI E A GLOBALIZAÇÃO – EUA, 2011, 84 min - Dir: Mark Hall
ASSISTÊNCIA FATAL – FRANÇA/HAITI/EUA/BÉLGICA, 2013, 100 min -Dir: Raoul Peck
RUAS DA MEMÓRIA – ARGENTINA, 2013, 65 min - Dir: Carmen Guarini
VÔO ESPECIAL – FRANÇA, 2011, 103 min -Dir: Fernand Melgar
OCUPA WALL STREET, AÇÃO COLABORATIVA - EUA


MOSTRA PANORAMA ÁFRICA

YEMA – ARGÉLIA, 2012, 93 min - Dir: Djamila Sahraoui
A JANGADA – SENEGAL/FRANÇA, 2012, 87 min - Dir: Moussa Touré
VIRGEM MARGARIDA – MOÇAMBIQUE, 2012, 87 min - Dir: Licínio Azevedo
SHOW MAN – NIGÉRIA/FRANÇA, 2010, 81 min - Dir: Newton I. Aduaka
COMO ROUBAR DOIS MILHÕES – ÁFRICA DO SUL, 2011, 88 min - Dir: Charlie Vundla


MOSTRA MUNDO ANIMADO

KOMANEKO - O GATINHO CURIOSO – JAPÃO, 2009, 60 min - Dir: Tsuneo Goda
O SEGREDO DE ELEONOR – FRANÇA, 2009, 75 min - Dir: Dominique Monféry
ZARAFA – FRANÇA, 2012, 78 min - Dir: Rémi Bezançon e Jean-Christophe Lie

 

_____________________________________________________________________

CONTATOS:
Nilson Rodrigues - Diretor Geral
Anna Karina de Carvalho - Diretora de programação

BIFF – Festival Internacional de Cinema de Brasília
BRASILIA INTERNATIONAL FILM FESTIVAL

Brasilia – 13-23 Junho de 2013
+ 55 61 33271588

 

Assessoria de imprensa (para uso exclusivo dos jornalistas):
Objeto Sim Projetos Culturais
Tels: (61) 3443. 8891 e (61) 3242. 9805 (fone/fax)
Carmem Moretzsohn: 8142. 0111 - Gioconda Caputo: 8142. 0112
Maria Alice Monteiro: 9831. 5090 – Roberta Timponi: 9211. 1414
objetosim@terra.com.br e objetosim@gmail.comwww.objetosim.com.br